O QUE FAZEMOS

Mas, afinal, o que é que vocês fazem?

Nós damos cursos para formar novos filósofos clínicos. Essa é a tarefa em que mais nos exigimos, afinal despertar a sensibilidade para a escuta do mundo de outra pessoa, muitas vezes não é tarefa simples. Trabalhamos num campo em que a questão não é técnica, é humana, existencial. Lidamos com a vida de alguém. Cada pessoa é, vive e produz um mundo próprio, singular. Nosso modo para fazer isso é dialógico, atentos para o que ocorre nas várias fases desse aprendizado.

Sim, mas não só. Propomos cursos livres sobre o pensamento de alguns filósofos, com os quais alguns de nós tem familiaridade (Levinas); outras vezes cursos introdutórios sobre a Filosofia Clínica, isso que tanto nos encanta…E apoiamos alguns grupos de estudo de Filosofia (Hegel, Sloterdijk – com Juliano Peçanha).

Quase todos entre nós, somos clínicos, atendemos as pessoas. Terapia. Individual, de casais e às vezes em grupo. E cada um de nós atende em um local. Alguns, em seus consultórios, outros na casa da pessoa, ou até em locais públicos, em praças, cafés.

E consultoria, mediação de conflitos, de tempos em tempos. Fizemos um grande trabalho de avaliação de clima organizacional nos Correios, alguns anos atrás. E também pequenas intervenções em situações específicas de relacionamento dentro de um hospital, de um sindicato, de uma pequena empresa comercial. Uma situação que nos deu muita satisfação foi o resultado na mediação de um conflito empresarial/ familiar num momento de sucessão.

E tem uma atividade pública, aberta, as nossas Rodas de Conversa… já fizemos mais de 25. São reuniões informais, com algum tema que relacione questões existenciais com algum aspecto cultural e sob o olhar da Filosofia Clínica . Em 2018, por exemplo, fizemos uma parceria com o Memorial da América Latina e realizamos uma porção de Rodas em que trazíamos, a cada vez, trechos de livros de 2 autores latinoamericanos para dar o pontapé inicial na discussão sobre a vida…Otavio Paz com seu “Labirinto da Solidão” e Clarice Lispector com “Perto do Coração Selvagem”, Roberto Bolaño, Cortazar, Antonio Cândido, Borges e tantos outros…

Nós trabalhamos por afinidades. Talvez isso nos renove o fôlego a cada dia. E, como você vê, tem lugar aqui.”

FORMAÇÃO

Curso de Formação

TERAPIA

Terapia: Individual, de casal, em grupo

Terapia talvez seja esse tempo cada vez mais raro no mundo de hoje pra pessoa cuidar de si, de verdade. Nas questões consigo mesma, nas suas questões amorosas, familiares, profissionais. No que é mais fundo, mais difícil. Não é comum a chance de ter uma escuta, um diálogo reflexivo, íntimo, inteligente.

A Filosofia Clínica não tem esse nome à toa. Fez seu caminho – seu método – na companhia de pessoas que amavam a sabedoria. Tem filósofo pensando a vida, como viver, há mais de 2.500 anos. Deu pra aprender alguma coisa. E tem um mundo se inaugurando a cada passo. E é por isso que essa maneira de fazer terapia é cuidadosa, séria, só sua. Rigorosa.

E a Filosofia Clínica Já não é só Filosofia, uma reflexão individual, mas uma atividade em que já se estabelece em uma relação: entre 2 pessoas numa terapia individual, entre 3 na de casal, ou em mais gente quando se faz em grupo. Às vezes o chamado parte de pessoas de uma organização.

Cada pessoa é do jeito que é, está como está. E por que é que não deveria ser assim? Se a pessoa está sofrendo com isso, quer mudar… aí, sim. E dá pra ajudar. E pra onde se vai? Isso é trabalho conjunto. A escuta filosófica é qualificada para ouvir o que é próprio no diverso. Sabe trabalhar assim.

EQUIPE

Para Contato

claudio_fernandes

Cláudio Fernandes (SP)

FILÓSOFO CLÍNICO

FClínica/Inst Packter; Filosofia/USP] terapeuta, filósofo clínico, psicanalista

glaucia

Gláucia Rita Tittanegro (SP)

FILÓSOFA CLÍNICA

FClínica/Inst Packter; docPUG/Roma; pós-doc FSP/USP] professora universitária, pesquisadora em saúde pública, filósofa clínica, consultora

marcio_jose

Márcio José Andrade da Silva (Campinas)

FILÓSOFO CLÍNICO

FClínica/Inst Packter Filosofia/PUCC; mestre/UFRJ; ondoc/UNISO] filósofo clínico, professor, editor, coordenador Inst Campinas e IMFIC

paulo_roberto

Paulo Roberto Grandisolli (SP)

FILÓSOFO CLÍNICO

FClínica/Inst Packter; Filosofia/UCMG; GSS-FSP/USP] filósofo clínico, professor, administrador serv saúde, consultor

Cursos, Palestras

Grupos de estudo, Rodas de Conversa

Grupos de estudo, Rodas de Conversa

Sugira um tema para ser debatido em uma roda de conversa ou até mesmo em um curso.